sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Calmaria

Depois de dias de tempestade quem não tem vontade de ficar de olho no céu, sem perder nem um "andar das nuvens" com medo de que dias cinzentos voltem? 

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

SISU

Ser Imaginário, Ser Único. rs.

Recomeços

No inicio a alegria,
no fim a tristeza.
No inicio da tristeza, a raiva
no fim, a esperança.
No inicio da esperança, o amor
e no fim, mais amor.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

ALTOS&baixos


ATRAÇÃO, PAIXÃO, AMOR, CARINHO, saudades, ENCONTROS, DESCOBERTAS, distância, brigas, medo, CUMPLICIDADE, BONS MOMENTOS, distância, saudades, descobertas, dor.
A l i v i o.
Que sempre vençam os melhores.
Que sempre vençam os MAIORES.

Intuição

Um segredo
uma mudança,
mudança radical
meias palavras
Juras de sinceridade
Um coração apaixonado
Um coração em alerta.

É, (infelizmente) ela não falha.

A dor

Não sabe o que é dor quem só apanha. Dor de verdade tá em despedidas, em perdas, na saudade.
O físico machuca, o sentimento maltrata. O físico cicatriza, some, o sentimento fica aberto, exposto como um simples machucado em que o merthiolat insiste em não fazer efeito, sujeito a novas dores, sujeito a intensificação da dor, na esperança de um dia cicatrizar. 


Doce ilusão.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Madrugada insone

Num primeiro instante ela pensou que seria imaginário
Num segundo real
Num terceiro sincero
E num quarto, final.


Sempre considerei blogs como "coisa de atoa", depressivos ou fugitivos de si. Sempre achei que fosse coisa de  amados, amantes, amáveis ou sofredores (por amor). Hoje resolvi fazer um. Talvez tenha mudado de ideia, talvez tenha entrado pra um desses times.


Ou pra todos.